quarta-feira, janeiro 31, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 13

13º.Presidente da Arcor
AGOSTINHO TAVARES

AGOSTINHO TAVARES sucedeu a .... Agostinho Tavares e será o 13º. presidente da direcção da Arcor, reeleito a 26 de Janeiro de 2007.

A direcção anterior continuou toda, exceptuando o vogal António José Tavares, substituído por Carla Tavares. Continuam a vice-presidente Madalena Neves, a secretária Maria Ascenção Tavares e o tesoureiro Porfírio Pires.
Armando Ferreira vai continuar como presidente do Conselho Fiscal e Horácio Marçal substitui José Luís Quaresma na presidência da Assembleia Geral.

TERTÚLIA LITERÁRIA - 82

- «Então, coisinho... já te decidiste pelo teu voto?...», perguntou o d´Ois.
- «Olha, não sei, mas parece que por Óis se vota é mais em caracóis...», respondeu o Três.

terça-feira, janeiro 30, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 12


12º. Presidente da Arcor

AGOSTINHO TAVARES



AGOSTINHO TAVARES foi o 12º. presidente da Arcor, sucedendo a Celestino Viegas - a cuja direcção pertencera como tesoureiro.

A vice-presidente era Madalena Neves, Porfírio Tavares Pires o tesoureiro, Maria Ascenção Tavares a secretária e António Tavares o vogal. José Luís Quaresma continuou como presidente da Assembleia Geral e Armando Ferreira como presidente do Conselho Fiscal.


2x3: Podem enviar-nos mais elementos sobre este mandato para o doisportres@hotmail.com

ANIVERSÁRIO DA ARCOR


27º. aniversário

A Arcor - Associação Recreativa e Cultural de Óis da Ribeira - comemorou o seu 27º aniversário de vida no passado Domingo, entrando assim no 28º ano da sua existência também a 28 de Janeiro de 2007.
2X3: Texto e fotos do Site do padre Júlio Granjeia.

TERTÚLIA LITERÁRIA - 81

- "Está aí o referendo. Votas sim ou votas não?...», perguntou o d´Ois.
- «Por ora, voto nim... pois não sei do que estou a falar...», disse o Três.

segunda-feira, janeiro 29, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR- 11


11º. Presidente
CELESTINO VIEGAS
CELESTINO VIEGAS sucedeu a... Celestino Viegas na presidência da direcção da Arcor, cumprindo o seu quarto mandato nos anos de 2003 a Maio de 2005 - o segundo consecutivo, os anos de construção do centro social.
O vice-presidente da direcção era Dinis da Conceição Alves, a secretária continuava a ser Maria Madalena Neves, entrou o tesoureiro Agostinho Tavares e continuou o vogal Milton Gomez.
A presidência da Assembleia Geral passou a ser de José Luís Quaresma e Armando Ferreira continuou a liderar o Conselho Fiscal.
2x3: Quem puder enviar-mos mais elementso sobre este mandato, pode fazê-lo para o endereço doisportres@hotmail.com

DAVID SOARES DOS SANTOS: 96 ANOS!!!


DAVID SOARES DOS SANTOS faz 96 anos neste final de Janeiro de 2007. Temos de memória da altura, mas não sabemos o dia. Mas sabemos que anda por aí, aprumado, saudável e, diria ele mesmo, «fino como um alho».
Ele mesmo nos ensinou esta expressão, quando já lá vão muitos anos... nos "ensinou a poder cepas". Com umas «ameaças» pelo meio. Não foi fácil para mim, não fui o melhor «aluno». Mas sei que faz anos num desses dias de final de Janeiro. Foi com ele que bebi o primeiro copo de jeropiga, da dele, ofercida por ele. Em dias de anos dele. Era por estes dias!!!
Saúdo-o pela enorme e saudável longevidade!!!
Parabéns, ti David!!!

TERTÚLIA LITERÁRIA - 80


- Já foste ver a draga à pateira?!...», perguntou o Três.
- «Não fui, pá... Até tenho medo daquuela droga...?», respondeu o d´Ois.

domingo, janeiro 28, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA - 80

- «Então, pá... vamos à festa da associação?...», perguntou o d´Ois.
- «Não, coiso... eu já venho da festa!!!...», disse o Três.

OS PRESIDENTE DA ARCOR - 10


10º. presidente
CELESTINO VIEGAS

CELESTINO VIEGAS foi o décimo presidente direcção da Arcor, a terceira vez - depois de dois mandatos na liderança, nos princípios da associação.
Assumiu a sua terceira presidência, no mandato de 2001/2002. O vice-presidente era Manuel Soares, Madalena Neves a secretária, Arlindo Reis o tesoureiro e Milton Gomez o vogal. Milton Santos era o presidente da Assembleia Geral e Armando Ferreira o do Conselho Fiscal.


\\\///

2x3: Dados recolhidos do Site Oficial da Arcor, primeira versão. Quem puder dar-nos mais dados sobre este mandato, pode dá-los para o endereço doisportres@hotmail.com

sábado, janeiro 27, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA - 79

- «É já viste, a nova direcção da Arcor? É só Tavares,Tavares, Tavares...», exclamou o Três.
- "Pois é, mas tem lá uma Neves para temperar a salada!...», disse o d´Ois.

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 9

9º Presidente da Arcor
FERNANDO REIS

Fernando Reis Duarte de Almeida sucedeu a... Fernando Reis Duarte de Almeida na presidência da direcção da Aror, para o seu segundo mandato.
A direcção era ainda formada por António Jorge Tavares (vice-presidente), Hercílio Almeida (secretário), Afonso Carvalho (secretário) e Vitor Melo (vogal).
Foi neste mandato que, em Fevereiro de 2000, foi lançada a primeira pedra do Centro Cívico.
José Bernardino Estima Reis era o presidente da Assembleia Geral e Jorge Manuel Reis Soares o presidente do Conselho Fiscal.

\\\///

2x3: Se alguém tiver mais dados sobre este mandato, pode enviá-los para o endereço doisportres@hotmal.com

PATEIRA !!!

A pateira vista por autor desconhecido!!

AGOSTINHO TAVARES REELEITO NA ARCOR

AGOSTINHO TAVARES foi reeleito presidente da direcção da ARCOR nas eleições de ontem. Madalena Neves continua como vice-presidente, Maria Ascenção Tavares como secretária e Porfírio Tavares o tesoureiro. Carla Tavares é a nova vogal, substituindo António Tavares.
Armando Ferreira continua como presidente do Conselho Fiscal e Horácio Marçal é o novo presidente da Assembleia Geral
.

sexta-feira, janeiro 26, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA - 78


- "Então hoje há eleições na Arcor... Quem irá ganhar!?...», perguntou o d´Ois.
- « Certamente os melhores...», respondeu o Três

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 8



8º. Presidente da Arcor
FERNANDO REIS

FERNANDO REIS Duarte de Almeida foi o oitavo presidente da direcção da ARCOR, cumprindo o mandato de 1997 e 1998.

A sua lista integrava António Jorge Tavares (vice-presidente), Hercílio Alves Almeida (secretário), Afonso Carvalho (tesoureiro) e Maria Oriana Tavares.
António José Tavares (anterior presidente da direcção) passou a presidente do Conselho Fiscal e José Bernardino Reis foi o novo presidented a Assembleia Geral.
\\\///
2x3: Dados recolhidos do Site da Arcor. Gostaríamos de publicar mais elementos, pelo que oedimos o favor de, quem os souber, no-los enviar oara o endereço doisportres@hotmail.com

ELEIÇÕES NA ARCOR


HOJE é dia de eleições na Arcor. Certamente vão correr bem, independentemente de quem for candidato - pois quem se candidata para uma associação deste tipo é porque está disponível.
Desejamos que tudo corra bem, com nos últimos seis anos.
Força, Arcor!!!

quinta-feira, janeiro 25, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 7


7º. Presidente da ARCOR
ANTÓNIO JOSÉ
TAVARES

ANTÓNIO JOSÉ TAVARES foi o sétimo presidente da direcção da ARCOR, cumprindo o mandato de1995/96.
O vice-presidente era António Almeida Santos e o secretário Salvador Soares de Almeida, mais o tesoureiro Paulo Rogério e o vogal Hélder Pires.
Milton Santos era o presidente da Assembleia Geral e Diamantino Correia do Conselho Fiscal. Infelizmente não temos mais elementos sobre a composição dos órgãos sociais - nem estão no Site da ARCOR, de que que nos socorremos para este trabalho.

\\\///

2x3: Quem tiver elementos sobre este mandato, poderá enviá-los para o endereço doisportres@hotmail.com

A PATEIRA VISTAS PELOS OUTROS - 2

Foto da pateira, de 1992. Foi retirada, com a devida vénia, do site http://72.14.221.104/search?q=cache:AnfMnP5FDaUJ:

TERTÚLIA LITERÁRIA - 77


- «Então amanhã é dia de eleições na Arcor...», comentou o d´Ois.
- «É verdade - disse o Três. Diz que será o dia em que aparecem todos os grandes amores da associação, para a ajudar a crescer!!!...».

quarta-feira, janeiro 24, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 6


6º. Presidente da Arcor
SESNANDO ALVES

DOS REIS


SESNANDO ALVES DOS REIS foi o sexto presidente da direcção Arcor, em 1993 e 1994 - realizando o seu segundo mandato.
O vice-presidente era Armando Tavares dos Reis, com o secretário António José Tavares, o tesoureiro Aurélio Matos dos Reis e o vogal Carlos Manuel Estima (Gato).
O padre Júlio Granjeia continuava na presidência da Assembleia Geral e Manuel Soares era o presidente do Conselho Fiscal.
\\\///
2x3: Dados do Site da Arcor, primeira versão, com a devida vénia. Pedimos, a quem souber e puder, que nos dê mais dados sobre este mandato.

TERTÚLIA LITERÁRIA - 76

- «De que se rirá o cão?!...», perguntou o d´Ois.
- «Ri de nada, nada se passa por cá...», respondeu o Três.

terça-feira, janeiro 23, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 5


5º. Presidente da Arcor

JOSÉ MELO
FERREIRA

JOSÉ MELO FERREIRA foi o quinto presidente da direcção da Arcor, cargo que exerceu no mandato de 1991/92. Os dados conhecidos permitem lembrar que a direcção incluía os dirigentes Diamantino Correia, João Viegas, Paulo Cadinha e Paulo Vieira (Mário).
Armando Ferreira continuava a ser o presidente do Conselho Fiscal e o padre Júlio Granjeia era o presidente da Assembleia Geral.
José Melo Ferreira era, ao tempo, recém-licenciado em engenharia mecânica, pela Universidade de Coimbra. Actualmente, é quadro superior de uma empresa de (?) Oliveira de Azeméis.
\\\///
2x3: Quem nos puder indicar mais elementos sobre esta direcção, poderá fazê-lo para para o endreço doisportreshotmail.com.
A foto e estes elementos foram retirados do Site da Arcor, primeira versão

TERTÚLIA LITERÁRIA - 75

- «Hoje, olha pá.... hoje não há perguntas a fazer...», murmurou o Três, passando o dedo indicador na boca.
- « Pois é.... anda tudo muito quieto, até dá para desconfiar», comentou o d´Ois.

UM POUCO DE HUMOR A... NEGRO! - 5

segunda-feira, janeiro 22, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 4


4º. Presidente da Arcor
SESNANDO ALVES
DOS REIS

Sesnando Alves dos Reis foi o quarto presidente da direcção da Arcor, cumprindo o mandato de 1989/90.
Não dispomos de dados suficientes (não estão disponíveis no site da Arcor), que nos permitam postar a relação de todos os órgãos socias, estando certos, porém, que as outras presidências eram asseguradas pelo engº. Joaquim Araújo, marido de Albertina Framegas (Assembleia Geral) e Armando Ferreira (Conselho Fiscal).
A direcção incluía, para além do presidente Sesnando Alves dos Reis, os eleitos Hercílio de Almeida, Manuel Capitão, Paulo Rogério e Manuel Russo, em lugares que não conseguimos apurar.
Alguém pode ajudar?
Poderá fazê-lo para o endereço doisportres@hotmail.com

UM POUCO DE HUMOR A... NEGRO ! - 4

TERTÚLIA LITERÁRIA - 74

- «Já sabes, ó d´Ois, vai haver uma nova linha de transportes públicos p´ra Óis», disse o Três».
- «Não me digas?!!!! É que eu nem acredito, ainda ando na idade dos burritos!...», comentou o d´Ois.

domingo, janeiro 21, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 3


3º. Presidente da Arcor
JOSÉ MARIA GOMES

JOSÉ MARIA ALMEIDA GOMES foi o terceiro presidente da direcção da Arcor, eleito a 27 de Março de 1987 - depois de Celestino Viegas e Armando Ferreira.
Ao tempo, era emigrante regressado de França. Actualmente, é vendedor da área dos produtos das duas rodas e também dirigente e músico da Tuna Musical de Ois da Ribeira.
Os órgãos sociais eram os seguintes:

ASSEMBLEIA GERAL

- Presidente: Armando Alves Ferreira.
- 1º. Secretário: José Melo Ferreira.
- 2º. secretário: Diamantino Correia.
- Suplentes: António Horácio Tavares e Hercílio Almeida.

DIRECÇÃO

- Presidente: José Maria Almeida Gomes.
- Secretário: Rui Manuel Melo.
- Tesoureiro: Antóno Vicente dos Reis.
- 1º. vogal: António José Tavares.
- 2º. vogal: Fausto Manuel Ferreira.

CONSELHO FISCAL

- Presidente: José Bernardino Estima Reis.
- Secretário: Manuel Duarte Almeida (Capitão).
- Relator: João Bernardino Viegas.
- Suplentes: Carlos Manuel Costa Estima e Paulo Jorge Cadinha.
\\\///
2x3: Dados e foto recolhidos do Site da Arcor, primeira versão. Quem quiser indicarmos-nos mais elementos sobre esta lista, poderá enviá-los para o endereço doisportres@hotmail.com. Obrigados.

TERTÚLIA LITERÁRIA - 73

- Já há lista para a associação, sabias?!...», perguntou o d´Ois.
-"Acho que sim...Vão os do teatro e os do costume!....», disse oTrês.

- "Então não é lista, é ementa...», respondeu o d´Ois.
- É, é um quase self-service...», riu-se o Três

A PATEIRA VISTA PELOS OUTROS

A PATEIRA continua(ará) a a ser o grande postal de Ois da Ribeira. Esta foto é de Raquel, que podem ver no http://mulherde30.blogs.sapo.pt/

sábado, janeiro 20, 2007

UM POUCO DE HUMOR A ... NEGRO! - 3

TERTÚLIA LITERÁRIA -

- «Viste aquele descarga de fogo de ontem à noite?! Coisa linda, pá...», exclamou o d´Ois.
- «Não sabes o que era? Era o fogo de vistas dos anos da Arcor...», disse o Três.

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 2


2º. Presidente
ARMANDO FERREIRA

O segundo presidente da direcção da ARCOR foi Armando Alves Ferreira, em 1985 e 1986. Foi eleito a 25 de Janeiro de 1985 e tomou posse a 9 de Fevereiro do mesmo ano.
Ao tempo, era contabilista. É agora empresário do sector do fabrico de móveis.

Os órgãos sociais então eleitos eram os seguintes:

ASSEMBLEIA GERAL

- Presidente: António S. P. Neves (falecido).

- 1º. Secretário: José Melo Ferreira.
- 2º. Secretário: José Pires Tavares.

DIRECÇÃO

- Presidente: Armando Alves Ferreira.
- Secretário: Diamantino Correia.
-Tesoureiro: Manuel Duarte de Almeida.
- Vogais: João Bernardino Viegas e Milton Gomez.

CONSELHO FISCAL

- Presidente: José Bernadino E. Reis.
- Vogais: António Gomes de Melo e José Almeida Reis.

2X3: Dados e foto (da época) retirados do antigo Site da Arcor, com a devida vénia. Se alguém tiver mais dados, podem indicá-los para o doisportres@hotmail.com

sexta-feira, janeiro 19, 2007

OS PRESIDENTES DA ARCOR - 1

A ARCOR inicia hoje o seu 28º. ano de vida e o blogue d´OIS POR TRÊS, hoje e nos dias mais próximos, vai aqui recordar os seus vários presidentes de direcção. É a homenagem do blogue a quem, com as suas equipas directivas e ao longo de todos estes anos, a criou e continuou, até aos dias de hoje.


1º. Presidente
CELESTINO VIEGAS

A primeira direcção da ARCOR foi presidida por Celestino Viegas. Já fôra o presidente da comissão instaladora e é-lhe comummente atribuída a ideia da fundação da associação.
O acto eleitoral decorreu a 1 de Fevereiro de 1980, concorrendo três listas - todas tendo Celestino Viegas como candidato a presidente da direcção. Não tendo a Assembleia Geral aceitado uma sua sugestão, no sentido de que apenas uma fosse apresentada a sufrágio. Duas eram apresentadas pela Comissão Eleitoral e a terceira pelo próprio CV. Venceu esta, com 89% dos votos.
Os primeiros órgãos sociais da ARCOR foram os seguintes:

Assembleia Geral

- Presidente: Agostinho Albino Pires Tavares.
- 1º. Secretário: António Simões Pinheiro das Neves (já falecido).
- 2º. Secretário: Armando Tavares dos Reis.
- Suplentes: Norberto Simões Pires Estima (já falecido) e Danilo Soares da Costa.

Conselho Fiscal

- Presidente: Arlindo Reis Duarte de Almeida.
- 1º. Relator: José Almeida dos Reis.
- 2º. Relator: José António Carvalho Ferreira.

Direcção

- Presidente:
Celestino José Pinheiro Morais Viegas (o da direita, na foto).
- Secretário: António Framegas Fernandes da Silva.
- Tesoureiro:
Custódio Alves Ferreira (o da esquerda, na foto).

Os estatutos originais previam vogais para todas as Secções da associação. Os primeiros eleitos foram Leonildo Costa (teatro), Aurélio Reis (biblioteca), João Viegas (Grupo Juvenil), Ercílio Almeida (escola de música), José Pinheiro (grupo coral), José Amadeu Santos (tuna), José Pires Tavares (Jornal da ARCOR), Diamantino Correia e Fausto Melo Ferreira (desporto), Manuel Duarte Almeida (actividades recreativas), Armando Ferreira (contabilidade) e Maria Bernardina Reis (lavores femininos). As secções de bar e cinema ficaram sob dependência directa do trio directivo.
2x3: Dados e fotos retirados da primeira versão do Site da ARCOR. Ver menu Bilhete de Identidade e sub-menú Presidentes. A foto, segundo o site, é da época (anos 80).

TERTÚLIA LITERÁRIA - 71

- «A Arcor foi fundada faz hoje precisamente 28 anos, sabias?!...», perguntou o d´Ois.
- «É verdade!!!.... Falta saber é se está melhor ou pior que o para o que foi fundada», comentou o Três.

ARCOR NASCEU FAZ HOJE 28 ANOS!

A ARCOR foi criada a 19 de Janeiro de 1979, faz hoje 28 anos - o que não é a mesma coisa que a associação fazer hoje 28 anos. Na verdade, completa 27 e inicia o 28º..
Expressamente por isso, fomos «roubar" este texto original do antigo Site da ARCOR.
Vale a pena!!! É um texto que se refere ao Ano 25 da ARCOR!


«A história das instituições faz-se de pequenos actos e gestos, de memórias e reflexões sobre o que um dia se fez, ou pensou fazer, de momentos de glória e de drama, mas sempre de braço dado para o futuro e no colo de quem gere, cria e abre caminhos e semeia alegrias.

Aos 25 anos de vida da ARCOR pareceu-nos ser um belo exercício de ribeirismo evocar etapas dos primeiros tempos da associação.

Etapas certamente nada fáceis, mas garantidamente epocaicas, vividas de entusiasmo crescente, levedado em fermentos de paixão pela terra e pela gente ribeirense, pelo chão onde entre vitórias e desilusões se faz o amanhã. Aqui recordadas - a 25 anos de distância.

Quem hoje, na net que torna o mundo global e pequenino, facilmente clica memórias e notícias, não poderá imaginar quanto de gigante teve de ser o pequeno grupo da fundadores que cavaram os alicerces da ARCOR. Mas poderá neste bocadinho da ARCOR instalado no mundo cibernético recordar (ou ficar a saber…) como foram os dois primeiros anos da associação.
2x3: Ver + no Menu Bilhete de identidade, Anos Históricos. O emblema neste post é o primeiro da ARCOR, substituído em 2003, pelo actual.


quinta-feira, janeiro 18, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA - 70


- «Já sabes, pá?!.... temos um novo parque de estacionamento em Óis?!...», disse o Três, de sorriso de orelha a orelha.
- «Ai é?!!!!.... E atão onde é qu´é qu´é?...», interrogou o d´Ois, meio intrigado.
« É nos passeios do Centro Social... Os que lá estacionam andam a abusar, é verdade, mas agora só de lá saiem à frente de um carro de combate...», explicou o Três.

A LIMPEZA DA PATEIRA NÃO VAI COM A CEIFEIRA

O presidente da Junta de Freguesia de Fermentelos, Amilcar Lemos Dias, em entrevista a um jornal de Águeda defendeu que «o problema dos jacintos na pateira só é resolvido com um processo químico”.
Quanto à ceifeira, o autarca fermentelense não tem dúvidas ao dizer que “as pessoas vão ver que não é o sistema ideal” e critica os executivos que têm passado pela Câmara Municipal de Águeda, por, na sua opinião, “nunca se terem voltado a sério” para a resolução do problema.
“Se a pateira estivesse em Águeda, já estava resolvido...”, acredita Amilcar Lemos Dias. + VER MAIS

E QUE TAL?!!...

E que tal, em véspera de véspera de fim de semana, uma musiquinha mesmo mesmo melancólica?

quarta-feira, janeiro 17, 2007

UM POUCO DE HUMOR A... NEGRO! - 2

TERTÚLIA LITERÁRIA - 69

- «Novidades fresquinhas, já sabes?!... A tal de habitação social não veio nos planos da Câmara e da Junta!....», exclamou o Três.
- «Novidade, pá....?! Olha lá, isso de prometer e não cumprir já é bastante velho...», retorquiu o d´Ois.

OS 27/28 ANOS DA ARCOR

«A ARCOR - Associação Recreativa e Cultural de Ois da Ribeira foi fundada a 19 de Janeiro de 1979, noite em que, no restaurante Pôr do Sol, se juntou um grupo de jovens - que, anteriormente, se interrogavam em conversas de café, das «razões porque na freguesia nunca se tinha tentado, objectivamente, criar uma associação que congregasse a vida da localidade e conciliasse as várias forças locais». Assim relata a imprensa da época.
Anunciou-se como «colectividade de carácter filantropo, local, recreativo, desportivo e dinamizador, desenvolvendo a sua actividade de e para o povo de Ois da Ribeira, alargando-a ás comunidades ribeirenses espalhadas pelo mundo». Rapidamente se implantou, com um alargado grupo de actividades. O primeiro relatório e contas, apresentado pela comissão instaladora liderada por Celestino Viegas (sócio fundador nº. 1), registava receitas de 107 044$50 e despesas de 94 584$00.
O ano de 1979 registou actividades na área do teatro (com a peça Rosa do Adro, pelo Grupo ARCOR, e peças infantis, pelo Orfeão de Águeda), um festival de folclore, concertos musicais, exposição, cinema, atletismo e futebol. A Tuna Musical, ao tempo com as suas actividades suspensas, reorganizou-se expressamente para participar na festa de Santo Adrião, o padroeiro da paróquia). A ARCOR reviveu tradições populares, organizou sessões de cinema. Promoveu o levantamento social da freguesia, criou uma escola de música e publicou a primeira série do Jornal da ARCOR, trimestral.
O ano de 1980 não se ficou atrás em iniciativas e a história da ARCOR regista, por exemplo, a vitória no torneio de futebol de Casal de Álvaro. Foi o ano do registo notarial, a 17 de Novembro. Assinaram: Celestino Viegas, António Framegas, Custódio Ferreira (presidente, secretário e tesoureiro da direcção), Agostinho Tavares, Armando Reis, Leonildo Costa, José Pires Tavares, Armando Morais, Fausto Melo Ferreira, com testemunho de José Tavares Pires, Danilo Costa e Filipe Silva.
Tempos de sementeira, que, entre os altos e os baixos da vida, começaram a ARCOR de hoje».


\\\///

2x3: Texto e foto retirados do Site da Arcor, primeira versão, coma devida vénia. É a homenagem deste blogue aos caboubeiros da associação que sexta feira, dia 19 de Janeiro de 2007, completa 27 e entra no 28º. ano de vida e que atingiu a projecção que felizmente tanto honra e prestigia Óis da Ribeira. A foto mostra Custódio Ferreira (tesoureiro) e Celestino Viegas (presidente) da comissão instaladora (1979) e primeira direcção da Arcor (1980).

terça-feira, janeiro 16, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA

- «Andava para aí uma cãozoada à solta e agora é só gataria, isto está transformado num verdadeiro jardim zoológico...», queixou-se o d´Ois.
- «Pois, isto por cá é só animais à solta...", ironizou o Três

DESPORTO DE OIS DA RIBEIRA - 12

A equipa de Ois daRibeira/Arcor que disputou a quinta edição do Torneio Inter-Freguesias de Águeda, em 2002. Perdeu com Belazaima do Chão (1-4) e Águeda (2-7) e venceu Aguada de Cima (3-2) e Segadães (6-5). De pé: Milton Gomez (jogador e treinador), Jorge Marques, Marques II, Luís Filipe, Dinis Alves, Fernando Pires (presidente da Junta), Celestino Viegas (presidente da Arcor) e Carlos Samuel. Em baixo: António Fernando, Daniel, Luís Ferreira, Afonso, Mitó, Ricardo Ferreira, Sérgio, Otelo e António Gomes (massagista).

UM MOMENTO DE HUMOR A... NEGRO


segunda-feira, janeiro 15, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA - 67

- « Óis tem uma nova atracção turística na pateira, sabes qual é?...», perguntou o Três.
- «Claro... São os jacintos pendurados na rede...», respondeu o d´Ois.
- «São uma espécie de farrapos pré-históricos de Foz Coa...», disse o irónico Três.

TEATRO EM OIS DA RIBEIRA - 5


Ano 2003
TEATRO DO GRUPO DE PAIS


O Grupo de Pais da ARCOR apresentou, de 2002 para 2003, a peça «O gabinete do Sr. Regedor», estreada na Festa de Natal das Crianças. Exibiu-se mais tarde em Mourisca do Vouga (Os Pioneiros), Águeda), Santa Casa da Misericórdia) e Valongo do Vouga (Casa do Povo).
Fila de trás: Paulo Rogério, Luiza Santos, Hermínia Viegas (acompanhante) e Hercílio de Almeida (ensaiador). Segunda fila: Vítor Fernandes (de bigode), Almerinda Simões (educadora), Dália Reis, Ana Isabel Viegas (arranjo musical) e João Ferreira. Fila da frente: Anabela Reis, António Fernando, Salomé Castro, Fátima Goulart (educadora), António Manuel Reis e João Viegas (acompanhante).
2X3: Foto e texto do Site da Arcor, primeira versão

domingo, janeiro 14, 2007

TERTÚLIA LITERÁRIA - 66

- «Já há uma lista de candidatos para as eleições da Arcor...», disse d´Ois.
- «Ai é... e então quem é?», perguntou o Três.
- «É a malta do teatro de 87, descontente com as últimas direcções», explicou o d´Ois

TEATRO EM OIS DA RIBEIRA - 4


Ano de 2001
QUEM MATOU?


O Grupo de Teatro da ARCOR levou à cena em 2001, a peça Quem matou?», num espectáculo que incluía a comédia «Prima Elvira» e o monólogo «Estou roubado».
O grupo era formado por, em cima, da esquerda para a direita: Porfírio Pires, António Prazeres, Paulo Gomes, José F. Martins, Carla Rodrigues e Firmino Santos (ensaiador). Em baixo: Carlos Pereira, Hernâni Pires, José Manuel Gomes, Isaltina Pires, Eliane Alves e Clara Santos