quarta-feira, dezembro 31, 2008

Tuna Musical de Óis da Ribeira quer ter sede própria


A Tuna de Ois da Ribeira reuniu em assembleia-geral para votação do plano de actividades e Orçamento para 2009. Foi a primeira vez que tal se realizou, dado que, até agora, apenas se apresentava o plano de actividades na assembleia para votação do relatório de contas, em Março.
O plano de actividades foi aprovado por unanimidade, numa assembleia pouco participada, e o destaque está na aquisição de um terreno, para construção de sede própria, tendo-se discutido algumas possibilidades da sua localização.
A Tuna começa as suas actividades logo no segundo dia de 2009, com um ensaio de preparação para o Cantar dos Reis, que terá lugar nos dias 3 e 4. Também em Janeiro, a Tuna tem já agendado um serviço para Requeixo (dia 18) e no dia 24 participará na inauguração do Centro Social da ARCOR e da sede da Junta de Freguesia.
Notícia tirada DAQUI.

terça-feira, dezembro 30, 2008

Estreia do Grupo de Teatro Amador (GTA) da Arcor

O Grupo de Teatro Amador (GTA) da ARCOR estreia, dia 10 de Janeiro, a peça “É urgente o amor”, de Luís Francisco Rebelo. O espectáculo será complementado com a comédia “De noite, todos os gatos são pardos”.
O grupo arcoriano tem vindo a ensaiar já desde Setembro e é artisticamente dirigido por Leonildo Costa, Paulo Rogério e Carlos Pereira - seguindo as seculares tradições culturais e artísticas de Ois da Ribeira, na área teatral.
A peça será interpretada por Julieta Fernandes (Madalena), José Manuel Gomes (Alberto), Liliane Alves (Mãe), Isaltina Pires (Margarida), Liliana Alves (Branca), Paulo Gomes (Jorge) Vitor Fernandes (chefe de polícia) e António Reis (agente de polícia).
A comédia, por sua vez, terá a participação de José Manuel Gomes (patrão), Vitor Fernandes (criado), Paulo Gomes (Ventura), António Reis (Jacinto), Liliana Alves (Estanislau), Julieta Fernandes (Pulquéria) e Isaltina Pires (Elisa). O som e a iluminação estarão a cargo de Rui Fernandes e a carpintaria, por sua vez, é de Gil Branco e Jorge Brandão.
A estreia, no salão cultural da ARCOR, está marcada para as 21 horas do dia 10 de Janeiro, com entradas livres.

Notícia tirada DAQUI

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Inaugurações do Centro Social da ARCOR e da Junta de Freguesia




As ruas de Óis da Ribeira apareeram com o cartaz a anunciar a inauguração do Centro Social da ARCOR e da sede da Junta de Freguesia.
Que será a 24 de Janeiro de 2009.
Francamente, já não era sem tempo e tenho até a ideia de que a maior parte do pessoal da terra até julga que a obra já está inaugurada. vamos esperarpor esse dia, que será de alegria para todos os ribeirenses.

domingo, dezembro 28, 2008

Novas taxas e licenças da Junta de Freguesia de Óis da Ribeira



A Assembleia de Freguesia de Óis da Ribeira aprovou por unanimidade o regulamento de taxas e licenças. Assim, atestados, declarações, e termos de identidade passam a custar 2,5 euros.
Outras taxas: licenças de cães de companhia (8,8 euros) cães com fins económicos (4,4), cães de caça (7,7), cães potencialmente perigosos (11) e perigosos (13,2),Os terrenos para uma sepultura nova custarão 220 euros.
Uma sepultura completa, com fundações custará 500 e uma capela chegará aos 1750 euros.
Notícia DAQUI.

sábado, dezembro 27, 2008

Orçamento da Junta de Freguesia para 2008 é de 75 506 euros



A Assembleia de Freguesia de Ois da Ribeira aprovou, por maioria, o plano de actividades e orçamento para 2009, no valor de 75 506 euros.
O documento, sobre o qual a Lista Independente de Ois da Ribeira (LIOR) se absteve, aponta a inauguração da sede como o acontecimento maior do ano, a 24 de Janeiro. E também obras na casa doada por Adolfo Pires dos Reis (onde esteve instalada a Tuna e agora se encontra desocupada), a continuação do loteamento para o qual se fala a eventual instalação do Pólo Educativo Pateira Nascente - com arruamentos, água, electricidade e saneamento. E ainda a construção de valetas e passeios, balneários públicos e churrasqueira na pateira e a iluminação da estrada do Santo António.
O plano foi aprovada a 24 de Novembro, em sessão do executivo, e agora sujeito a apreciação e votação da Assembleia de Freguesia - para o efeito reunida a 17 de Dezembro.As principais receitas do ano tem a ver com as transferências do Administração Central (25 386 euros) e da Câmara Municipal de Águeda (16 500). O executivo de Fernando Pires admite que venha a estabelecer protocolos com a Câmara no valor de 25 000 euros. Quanto a despesas, as correntes atingirão 4 750 euros, o pessoal custará 16 500 e a aquisição de serviços anda na casa dos 20 306. Os investimentos previstos chegarão aos 33 950.
Tirado DAQUI

sexta-feira, dezembro 26, 2008

Natal é Natal e ponto final!...

Ois da Ribeira viveu o Natal de 2008, no espírito da
Igreja Católica, que é super-maioritária. Mas melhor que nós,
que nem por lá passámos, será ver as fotos do site do
padre Júlio Granjeia, que é o pároco da freguesia e
o celebrado padre da internet.
Vão, pois, ver AQUI.

Contas da Tuna de Óis da Ribeira


Hoje é da assembleia geral da Tuna de Óis da Ribeira,
para apresentar e votar e certamente aprovar o plano
de actividades e o orçamento de 2009.
Assim estejama as notas do relatório certas com as
notas que os músiocos executam e certamente os
associados (que não serão mais de uma dúzia)
as aprovarão.
Bom Natal, que já passou, e melhor ano novo,
o que vem aí, 2009!

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Natal em Óis da Ribeira...



Estamos em tempo de Natal, está frio, aquecem os corações e aumentam as esperanças de que o futuro próximo seja melhor. Isto é: que o ano de 2009 seja bem melhor que este 2008 que está a acabar e não deixa grandes recordações.
O Natal de Ois da Ribeira, recordo-o da construção do presépio, que nos animava nas férias da época e que nos levava, sempremuito curiosos e curiosos, a ir espreitar o presépio de Igreja, quando já estivesse vazia.E os leilões que se faziam no adro, de bolos, chouriços e pés de porco, frutas. Era giro!
Agora já não há nada disso!


terça-feira, dezembro 23, 2008

Morreu o padre António Nunes da Fonseca

Soube hoje da morte do padre Fonseca. Francamente, supunha que já teria falecido há alguns anos, e foi agradável a surpresa de saber que esteve há poucas semanas em Óis, nas bodas de prata matrimoniais dos casal sra. Margarida e sr. Fernando Reis.
Lembro-me bem dele e das suas homílias, das procissões, da catequese e da visita pascal, que ele fazia sempre, em Óis e Travassô.
Fico com saudades dele e desejo-lhe a paz dos bons, no outro lado desta vida!

segunda-feira, dezembro 22, 2008

Arcor sem candidatos e sem novos dirigentes


A assembleia geral da Arcor não teve candidatos para o novo mandato, pelo que vão continuar os actuais dirigentes. A direcção é presidida pelo empresário Agostinho Tavares(foto, à esquerda), a assembleia geral pelo médico Horácio Marçal (foto, à direita) e a o conselho fiscal pelo empresário Armando Ferreira.
Não sabemos as razões porque não apareceu qualquer lista de candidatos, certamente serão boas, mas parece, pelo que ouvi dizer, que ninguém sabia que se iriam realizar as eleições. Eu não sabia, mas também não sou do clube. E devia ser.
Se querem saber, nunca alguma vez isso me foi sugerido e valha a verdade que pelo tempo que passo em Ois, nem dá para lembrar isso. Até gostava de ser. Isto tudo para dizer que me parece que o movimento associativo está pouco dinamizado em Óis. Quando numa associação com a dimensão da Arcor assim acontece, que diabo... alguma coisa está a falhar.

domingo, dezembro 21, 2008

Natal, assembleia geral e Cantar dos Reis da ARCOR


Ontem, foi o Concerto de Natal da Tuna Musical de Ois da Ribeira, no salão cultural da ARCOR - cheio de gente.
A Tua vai continuar activa. Dia 26, será a vez da assembleia garal que apreciará e votará o plano de actividades e orçamento para 2009. Às 21 horas, na sede.
Dias 3 e 4 de Janeiro, vai Cantar os Reis na freguesia e a casa de amigos. Acaba um ano e começa outro, sempre em festa!

sábado, dezembro 20, 2008

O Judeu de Ouro 2008 para a ARCOR

A Arcor recebeu o troféu Judeu de Ouro 2008 da ANATA no passado sábado, dia 14 de Dezembro - numa cerimónia em que vários canoístas receberam uma menção honrosa: Tiago Tavares, André Coelho, António Baptista, João Pereira e Alexandre Pires. Foto tirada DAQUI.

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Eleições na ARCOR


A assembeia-geral da ARCOR está convocada para a noite de hoje, dia 19 de Dezembro, para eleger os novos órgãos sociais, para o biénio 2008/2010.
A actual direcção é presidida por Agostinho Tavares, o conselho fiscal por Armando Ferreira e a assembleia-geral pelo médico Horácio Marçal. Os trabalhos de hoje estão marcados para as 20 horas e vão decorrer no salão do centro social da associação.

quinta-feira, dezembro 18, 2008

A entrada de Óis pelo lado da ponte

A entrada de Óis pelo lado da ponte não é, valha a verdade, a mais bonita. Basta que nos recordemos da de Espinhel - bem mais agradável, realmente. Mas é o que é e aqui deixamos o retrato, para memória futura! Esta rua, que reparei no domingo, agora se chama Jacinto Bernardes Henriques, é histórica, pois foi a (e é) a saída e entrada de Óis para o mundo!

Nova peça de teatro do Grupo de Teatro Amador da Arcor



O Grupo de Teatro da ARCOR (GTA) está quase a
estrear a nova peça, «É urgente o amor», da autoria
de Luiz Francisco Rebello.
A encenação é de Leonildo Costa, com produção de
Paulo Rogério e Carlos Pereira. Os actores em cena
serão Liliana Alves, Paulo Gomes, Cristina Silva, Julieta
Fernandes, José Manuel Gomes, António Prazeres,
Victor Fernandes e Isaltina Pires.
Lurdes Fernandes e Carlos Pereira serão os
pontos e o som e a iluminação estão a cargo de
Rui Fernandes e António Reis.Electricistas: Victor
Fernandes e Paulo Gomes são so electricitas
de serviço e a carpintaria é de
Jorge Brandão e Gil Branco.

quarta-feira, dezembro 17, 2008

Requalificação das margens da pateira e pista de canoagem

A imprensa desta zsemana dá nota de que a pateira terá 9 milhões de euros de investimentos nos próximos quatro anos, através do Programa Pólis - que passou a ser gerido pela recém-constituída Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), a sucessora do GAMA.
”São investimentos sérios e programados no tempo”, refere a Câmara Municipal de Águeda - que citados daqui.
A Câmara Municipal, de sua parte e segundo lemos, comparticipará os trabalhos com 1,8 milhões de euros e, na formação do CIRA, investirá 500 000. Projecta-se para a pateira, entre outros equipamentos, a construção de um Centro de Interpretação em Fermentelos, a requalificação das margens de Espinhel e de Ois da Ribeira e a instalação de uma pista de canoagem e remo. E avançará, também, “um novo programa de dragagem”.

terça-feira, dezembro 16, 2008

O Johnny´s Gang no Concerto de Natal do Orfeão em Óis

Falámos aqui do concerto de Natal do Orfeão de Águeda em Óis da Ribeira, na tarde do passado domingo e, copiadas DAQUI, já editámos as fotografias de dois dos três grupos participanes, Falta esta: a do Johnny´s Gang - que o Luís Neves diz que é muito bom! Se ele o diz!Aqui fica a foto, com pena nossa de não sabermos os nomes dos músicos, para deles aqui falar!

Concerto de Natal da Tuna de Ois da Ribeira


O habitual Concerto de Natal da Tuna de
Óis da Ribeira está marcado para a noite
do próximo sábado, 21 de Dezembro de 2008.
Vai ser uma festa divertida e sentida, pela
qualidade da música e pelo momento
que se vive!
Será às 21 horas, no salão da ARCOR - que,
assim, se transforma cada vez mais numa
grande casa de espectáculos.

segunda-feira, dezembro 15, 2008

O Confutatis Grass Quintet no Concerto de Natal

Aqui falámos ontem do Confutatis Grass Quintet, que ontem participou no Concerto de Natal o Orfeão de Águeda, que se realizou na tarde de ontem, em Ois da Ribeira - no salão cultural da Arcor.
Hoje, deixamos aqui a foto do grupo, no palco da Arcor, também tirada do site de Luís Neves.

Só nos rimos do azar dos outros....


Pessoa das minhas relações diz que eu sou má pessoa porque me rio quando as pessoas caem. Isto porque ele se atirou de umas escadas no outro dia e o máximo que eu consegui foi sentar-me num degrau, agarranddo a barriga, lágrimas nos olhos de tanto rir.
E, ao longo do dia, sempre que me lembrava da cena, lá vinha o riso até doer o estômago. Pronto, se calhar sou má pessoa. Não perguntei se ele estava bem, se tinha deslocado qualquer coisa, se precisava de ajuda.
Não.
O primeiro instinto foi rir até não poder mais (acho até que fiquei a apontar para ele), e ainda hoje não posso pensar muito no caso, que desato a rir isolodamente. Por isso, não ousem cair ao pé de mim, porque eu não vou ser pessoas amiga e solidária e compreensiva. Vou-me atirar para o chão a rebolar a rir, e só perante a visão de sangue é que posso, talvez, mostrar sinais de preocupação. Ou se forem velhinhos. Desses não me rio. Juro por todos os santinhos!

O concerto do Orfeão de Águeda em Ois da Ribeira

O Concerto de Natal do Orfeão de Águeda foi hoje em Ois da Ribeira, no salão cultural da ARCOR.
Começou com o Grupo Johnny's Gang, de jazz. Depois, com o Confutatis Brass Quintet, formado por conco músicos da Orquestra Filarmónica 12 de Abril, de Travassô - um deles ribeirense, o João Gonçalo. O Orfeão de Águeda de Águeda encerrou, de forma brilhante, o concerto de Natal - que acabou por encher o salão em mais uma excelente tarde de cultura, apoiada pela Junta de Freguesia.
Fomos roubar texto e foto AQUI.

sábado, dezembro 13, 2008

Os milagres afectivos de um oleiro

Sou pessoa muito dada a saudades e hoje, sem querer, dei com um oleiro a oleirar, coisa que não vai para mais de 20 anos. Ou mais... Falo do tempo de escola e tenho uma vaga ideia de um senhor da rua do cabo também fazer umas coisas de barro. Um barro que para mim sempre foi estranho: preto.
O oleiro sempre me impressionou: as mãos de um oleiro tudo fazem, ou tudo podem fazer! Até milagres, com o barro. Conseguem criar coisas e, mais importante, conseguem transmitir afectos. São criativos, com as mãos. Estas, de certo modo, traem-nos até, na medida em que revelam muito de nós. Nessa medida gosto de traições... Gosto que sintam o que me vai por dentro.

sexta-feira, dezembro 12, 2008

Galardão Judeus de Ouro para a Arcor e menções para canoístas

A Arcor vai receber amanhã o troféu Judeu de Ouro 2008 da ANATA - Associação dos Naturais e Amigos de Águeda, o que é facto bem interessante e importante.
Os galardoados com o Judeu de Ouro de 2008, para além da Arcor, são a Banda Castanheirense, de Castanheira do Vouga; o maestro António Luís de Brito, a andebolista internacional Ana Seabra e o ambientalista A. Ribeiro Melo. Os canoístas António Baptista, João Pereira e André Coelho, todos da ARCOR (na foto), recebem menções honrosas - tal qual Diogo Fereira e Rudolfo Fernandes, do GICA.

O lume d´Óis e os quatro elementos principais da vida

Tem estado um frio do caraças e sinto falta da lareira lá de casa, cheia de rachas a arder e eu com os sapatos ou as botas em cima do lume, até queimar as solas e depois apanhar frieiras. Coisas tão boas como esta é que nos fazem ter saudades da nossa criancice e da adolescência e raiva de estarmos nesta idade.
Depois, vem a lembrança da escopla, de quando a sra. professora nos ensinava que, a par da Terra, do Ar e da Água, o Fogo é um dos Quatro Elementos primordiais dos quais tudo deriva! Esta teoria filosófica remonta à Grécia Antiga, e o que é certo é que nos sentimos atraídos por eles. Sinto que há algo antes de mim que me liga a um deles... mas se calhar, não passa mesmo de uma sensação!
Tão a ver, as coisas que a gente sabe, depois esquece e às vezes lembra só porque está frio e temos saudades da lareira lá de casa, a arder cheiínha de lume...

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Advento natalício na Paróquia de Óis da Ribeira

A caminhada do advento natalício está a ser devidamente
assinalada na Paróquia de Óis da Ribeira.
O melhor é ir ver AQUI, no site do padre Júlio.

Concerto de Natal do Orfeão de Águeda em Óis da Ribeira

O salão cultural da ARCOR vai receber domingo, dia 14 de Dezembro, o Concerto de Natal do Orfeão de Águeda, com o patrocínio da Junta de Freguesia de Ois da Ribeira.
A iniciativa surge no seguimento dos Encontros de Coros que tem realizado desde 2005 e enquadra-se no programa das Jornadas Culturais 2008, da Junta de Freguesia local.
O programa, este ano, é ligeiramente diferente do habitual - que tem sido reservado a grupos corais. Na verdade, terá a participação de dois grupos musicais: o Confutatis Brass Quintet e o Johnny´s Gang, ambos de Águeda e garantias absolutas de um espectáculo de grande qualidade - especialmente para os mais jovens.
O concerto está marcado para as 16 horas do domingo, com entradas gratuitas.
Tirada DAQUI.

quarta-feira, dezembro 10, 2008

Exposição Fotográfica «Margens da Pateira»

A exposição fotográfica “Margens da Pateira”, no restaurante Pôr-do-Sol, em Ois da Ribeira, foi um êxito, com perto de um milhar de visitantes em dois dias.A iniciativa foi de Luís Neves, no seguimentos das expedições fotográficas de 2006, 2007 e 2008, e a exposição tinha 280 fotos, de 31 autores.“Superou todas as minhas expectativas”, considerou o organizador, Luís Neves, satisfeito com os comentários recebidos nos dois dias, incentivando-o para novas iniciativas do género.
Entretanto, e devido ao êxito alcançado, a exposição continuará disponível por mais alguns dias e para quem a pretender visitar, devendo os interessados dirigir-se ao restaurante e mostrar esse interesse, pois a sala não estará sempre aberta.

Tirada DAQUI.

terça-feira, dezembro 09, 2008

Exposição fotográfica "Margens da Pateira" já foi

A exposição fotográfica "Margens da Pateira" já aconteceu, no salão do restaurante Pôr-do-Sol, e certamente foi muito visitada - num fim-de-semana mais comprido e, por isso mesmo, facilitador de uma visitinha.
Quem não a visitou fomos nós, nem estávamos cá, mas procurámos na net algum exemplar. Achámos o que aqui mostramos, embora não saibamos se por lá esteve exposto o «exemplar». Tirámo-lo DAQUI, e o autor é Luís Neves, organizador da exposição.

segunda-feira, dezembro 08, 2008

O futuro das malhas da minha avó de Óis está na net

Esta também me chegou pela net, por esses correios que chegam de todo o lado e não são de ninguém. Fartei-me de rir, só de imaginar minha avó a fazer a sua malha no computador, com o comando à distância.
Será este o futuro das nossas avozinhas, para não enfiarem a agulhas nas unhas, ou para que as artroses não lhes atrapalhem o novimento?! Óis, até como e onde chegarás, minha avó de Óis!!!

Concerto de Natal na ARCOR


Domingo à tarde vai haver Concerto de Natal no salão da Arcor, organizado pelo Orfeão de Águeda e pela Junta de Freguesia de Óis da Ribeira.
Ainda não sabemos quais vão ser os grupos participantes, mas não deixará de ser certamente um grande espectáculo, na linha dos que tem sido realizados nos últimos anos.
É uma realização sobremaneira agradável e que vai dando nome a Óis da Ribeira, pelo que aqui deixamos o nosso aplauso e a sugestão para que não se perca o espectáculo.

Cai neve em Óis da Ribeira!...

Não me lembro de alguma vez ter visto cair neve em Óis, apesar de ter visto muitas vezes estendida nas ruas e nos campos. Morria de curiosidade por a ver cair.
Várias vezes fui ao Caramulo, em alguns dias que me dizaim que por lá caíria. Nunca vi! Vi hoje, na serra da Estrela - onde fui pela primeira vez, com a família e uns amigos. Disseram-me que não foi dia de sorte, que há dias é que tinha sido. Mas ainda vi uns farrapos no ar e o manto da serra todo branquinho.
Maravilha!
Tudo isto me faz lembar o Natal!! Estará toda a gente pronta para o Natal? A lista de prendas está feita? A àrvore de Natal já mora em casa?Já compraram os presentes ? Há crédito no cartão ? Como é que é, estão a vibrar ou não ?
Cairá neve em Óis?!

domingo, dezembro 07, 2008

Os patos no patódromo da pateira...

Apesar do mau tempo, dei hoje uma saltada a Óis e inevitavelmente passei pela pateira, para ver os patos... Por lá ouvi dizer, da boca da minha mãe, que roubaram mais dois. E ouvi tambem opiniões dividadas sobre o interesse de lá estarem os patos, no... patródomo"
A diferença de opinião entre pessoas nunca deve ser motivo de preocupação. A diversidade é que é fecunda. Preocupante é o menor respeito por essa opinião discordante, sendo que esta globalização do pensamento é absolutamente negativa, já que ao conduzir ao pensamento único, estreita as soluções para os problemas agudos que vivemos (o que interessa a alguns...!).
Foi um bocado isso que concluó do que ouvi em Óis.
Por mim, gosto de ver os patos. Mesmo que seja à chuva e tenha, por isso, molhado os sapatos, na erva encharada de água.

sábado, dezembro 06, 2008

Centro de Dia da ARCOR fez quatro anos

O Centro de Dia da ARCOR festejou o 4.º aniversário no dia 25 de Novembro e a tarde foi animada, os idoso mostraram dotes vocais num sarau musical, relembrando canções antigas, como “Ó Helena”, “Sachadeiras do meu Milho” e “Olha a Laranjinha”, entre outras, bem populares.
O jardim-de-infância também deu o seu contributo, cantando uma cantiga muito bonita, dedicada aos idosos. O Centro de Dia tem actualmente 19 utentes e uma longa lista de espera.
Texto e foto DAQUI, com vénia nossa.

Exposição fotográfica "Margens da Pateira"


Amanhã, dia 7 de Dezembro, é inaugurada a exposição fotográfica "Margens da Pateira", porganizxada por Luís Neves.
Pode ser vista no restaurante Pôr do Sol até ao dia seguinte - 8 de Dezembro, que é feriado.
Envolve à volta de 300 fotos, obtidas nas expedições fotográficas, realizadas em 2006, 2007 e 2008.

sexta-feira, dezembro 05, 2008

E os ladrões são os maurícios...


Ando aí pela rua, salto a um café e o que vejo é gente insatisfeita. Nem falo sequer das greves e das avaliações do professores. Mas toda a gente insatisfeita porquê? A pergunta tem a sua graça!
O governo está há quatro anos no governo, o que é tempo mais que suficiente para deixar de chamar pelos governos anteriores.
A corrupção que, agora sabemos atingir também as "impolutas" organizações financeiras, não foi desmascarada pelo governo e, depois de conhecida, o que vimos foi o governo resolves a coisa da pior forma, injectando dinheiro dos contribuintes para tapar desfalques criminosos.
Olhamos para o lado e temos um grupo de ministros capitaneados por Sócrates, tentando nos convencer que está tudo bem, e que somos imunes à recessão. Que 2009 não vai ser tão mau assim...
Esquecem-se que podem estar a brincar com o fogo e que de um momento para o outro poderemos estar falidos, ou coisa parecida... Anda por aí gente quem, andando na ruam, devia andar algemada. E depois os ladrões são os maurícios...

Celestino Viegas é sócio honorário da Arcor



A assembleia geral da Arcor analisou e aprovou, por unanimidade e aclamação, uma proposta da direcção no sentido de atribuir o grau de sócio honorário a Celestino Viegas - antigo presidente da direcção.
Foi fundador, presidente da comisssão instaladora e das duas primeiras direcções (1979 a 1983) e das penúltimas (2001 a 2005) - quando “levou a cabo a construção deste Centro Social, dando assim, e de forma extraordinária, seguimento a um projecto que há muito era um anseio da população de Ois da Ribeira”.
“Todos hoje temos absoluta noção da preponderância do papel de Celestino Viegas para que esta obra fosse uma realidade”, refere a proposta da direcção, sublinhando “o grande valor e importância que tem na história da ARCOR”.
É-lhe comummente atribuída a responsabilidade maior da construção do centro social e a direcção lembrou que, na ARCOR, “esteve presente desde o primeiro minuto e foi o principal impulsionador”.
É o primeiro cidadão de Ois da Ribeira a ser galardoado com este título honorífico, decorrente dos estatutos da associação.
Notícia tirada DAQUI e foto DAQUI, com vénia.

quinta-feira, dezembro 04, 2008

Lar de idosos da ARCOR

A candidatura ao lar de idosos continua no rol de esperanças da ARCOR, que a reapresentou em 2008, segundo foi dito na última assembleia geral.
A candidatura estava orçada em 841 560 euros - destes 766 560 para a construção do imóvel e 75 000 para equipamentos.
“Não desistiremos e estaremos atentos a todas as oportunidades que surgirem”, refere relatório do plano de actividades, que aponta, ainda, a compra de um mini-autocarro de 19 lugares (51 000 euros) como um dos objectivos para 2009 - assim como “a dinamização do site oficial” e a instalação do sistema de vídeo-vigilância, já aprovado e comparticipado (14 830 euros) pela Segurança Social.
Notícia tirada DAQUI, com a nossa vénia.

ARCOR aprovou orçamento de 483 500 euros para 2009

A assembleia geral da ARCOR aprovou o plano de actividades e orçamento para 2009 (483 500 euros). Momento dominante do ano será a 24 de Janeiro, dia da inauguração do centro social e da sede da Junta de Freguesia.
O plano de actividades, para além do ciclo comemorativo da inauguração do Centro Social, envolve actividades sociais, recreativas, culturais e desportivas. Nomeadamente, neste capítulo a confirmação e equipamento da secção de canoagem e a dinamização e beneficiação do polidesportivo. E também teatro (mais uma peça), marchas populares, a Semana Cultural da Freguesia (com a Junta de Freguesia e a Tuna) e a certificação da associação, pela norma ISO 9001.
Notícia e foto tiradas DAQUI, com a devida vénia

quarta-feira, dezembro 03, 2008

As costas do futebol...

Sou pessoa pouco dada a futebóis, mas gosto de uma boa piada.
A gente ouve coiass por aí e hoje apanhei esta na net e
não quero deixar de a reproduzir e dividor com o nosso público,
sem querer ofender ninguém. Até acho piada à pose do presidente
do FC do Porto, embora não concorde com metade do que ele faz e
mais de 90% do que ele diz!

terça-feira, dezembro 02, 2008

Os 111 anos da Tuna d´Ois


Vá lá saber-se porquê, telefonaram-me hoje do estrangeiro a perguntar como correu a festa da Tuna. Eu não sei. E até fui ver ao site da dita - que há uns tempos anda de notas desafinadas e trancou portas para ensaios. Também não vi nada.
E fui aos sites e blogues do costume, pois não vi nada, nem no do Luís Neves - que é dirigente e músico da Tuna. Bom, a festa não era este fim de semana!!!, pensei eu! Mas, não! Era mesmo.
Como era para ter ido a Óis e não fui devido à moléstia da saúde, lá perguntei à mamã. Pois que sim senhora, que até esteve na missa e tudo. E que foi ao cemitério, naquela cerimónia «sempre tão bonita», como diz quem me fez e pariu. Acrescento eu, que foi é sempre comovente. Eu quase não posso assistir a esse tipo de cerimónias, pois fico logo a tremer!
Bom, então, para fechar a loja, houve festa da Tuna, sim senhora, só não terá sido d´arromba - como em outras vezes.
Parabéns, pá!!
Parabéns para a Tuna!!! Sempre são 111 anos!!!
Nota: Hoje o blogger anda a dar o berro!

As 4 fases líquidas da vida...

Aqui fica a minha modesta contribuição do dia: as quatro fases líquidas da vida! Não fui em quem criou a ideia, mas que é gira, é. Por isso aqui a ponho, lembrando-me das chupetas da minha criancice, das vezes que fui beber água na fonte de santo António e da dos Amores, quando bebi a primeira cerveja numa festa de escola e...., Deus me livre, não queria ficar a soro nos próximos tempos! Quero eu e vou fazer por isso!!!

segunda-feira, dezembro 01, 2008

A alvéloa amarela do parque

Esta tarde, aproveitei uma não ida a Óis e, numa pequena aberta de sol, dei um pulo ao parque. Já tinha saudades de ir ao parque, mais para dar o gosto ao dedo da máquina, a ver os pares de namorados a soltarem-se. Ou outras coisas!
As nuvens logo me estragaram a oportunidade, cobrindo o céu, e nem usando o zoom 100-400mm equipado com conversor de focal de 1.4 (140-560mm) e a sensibilidade nos 600 Iso me consegui fixar bem.
Foi então que me apareceu uma alvéola-amarela que mais parecia querer cumprimentar-me, chegando mesmo a estar perto demais para ser focada. E, milagre: o céu abriu-se e permitiu-me disparar duas dezenas de vezes, obtendo imagens que quase dariam para o bilhete de identidade.
E deu um post de postar em blogue, nesta tarde de feriado!
A lembrar-me que há alvéloas em Óis!

domingo, novembro 30, 2008

Casamentos em Óis

Alguém me disse, por estes dias, que só se realizou um casamento em Óis, durante todo este ano. Talvez... dois!"!!
Bem se sabe que o casamento à moda do nosso tempo, está em crise. Os jovens preferem "juntar-se". Viver maritalmente, à experiência, descartavelmente... Pessoalmente, digo já que não é modalidade que aprecie. Mas na verdade, olho à minha volta e nem me lembro quando foi o último casamento onde estive. O que não me vai acontecer em 2009 - já tenho quatro. Até parece que 2009 foi o ano escolhido para o pessoal ir ao altar.
Uma das casadoiras é colega de trabalho e anda por aí meia louca com vestidos, e quintas, e copos-de-água, e listas de convidados.
Isto faz-me lembrar o meu. E o grande problema disto dos casamentos, que é o de todos querem que nós façamos tudo o que nós não queremos. Aqui, a minha amiga de trabalho anda numa fona: quer um vestido cai-cai e não quer um vestido cai-cai, sapatos rasos e de bicos, ombros desnudados. Por mim, que a conheço, já estou a vê-la no seu cai-cai, seguramente a pensar que foi a única no planeta das noivas a lembrar-se de tão original ideia. E todas elas, quando confrontadas com este dado, alegam sempre "ai, não, mas meu cai-cai era completamente diferente dos outros todos". Não era, filha, não caias (-caias) - perceberam o nível da piada? - nessa ilusão. Eu sugeri-lhe este vestido de noiva, da foto, em pérola claro e com corpete em organza de seda e saia em mikado, tudo bordado a vidrilhos.
Se querem saber, nenhum dos meus quatro casamentos de 2009, é em Óis!

Doenças de criança e de adultos...


Tinha planeado ir hoje a Óis mas aconteceu o que é habitual: eu e os meus filhos estarmos doentes sempre ao mesmo tempo. Começa um com tosse, logo o outro, solidário, desata a espirrar e quando damos por nós estamos os três de nariz a pingar e voz nasalada.
Se eles herdaram a minha propensão para ficar de cama, não vai ser bonito, não senhor, pois eu fui das pessoazinhas que passou a infância a tomar xaropes, a acordar a meio da noite para ir ao hospital com falta de ar, a enfiar a cabeça por baixo de uma toalha para melhor inalar os vapores de um alguidar com água a ferver e essência de eucalipto.
Naquele tempo não tinhamos bronquiolites, como agora se diz, mas tinhamos anginas e constipações com fartura.
A coisa foi de tal ordem que, aí por volta dos 8/9 anos anos, me internaram no hospital para uma operação ao nariz e à garganta. Lembro-me como se fosse hoje do quarto com duas camas, uma para mim e outra para a minha mãe, e que foi o meu pai quem me carregou ao colo, escadas abaixo, até quase à sala de operações. Lembro-me do cheiro da anestesia, do gás a sair da máscara, de tanta coisa!
Uma tarde, já em casa, tive a visita da criançada quase toda da escola, que me levaram umas bolachas de chocolate polvilhadas com açúcar (as coisas de que a gente se lembra). Eu comia papa Nestum e bebia muitos sumos concentrados de pêra da Compal que se vendiam em latinhas pequenas. E faziam-me uma papa com leite morno e bolachas, vai-se a ver foi nessa altura que aprendi a gostar de molhar as bolachas no leite, no café e até mesmo no chá, faço-o até hoje, como o Clark Gable em «It Happened One Night». É uma arte, essa a de molhar os bolos no café.
Isto tudo para dizer quer não pude ir hoje a Óis, pois tive de carregar o herdeiro mais novo para o hospital - felizmente sem grandes problemas. Mas eu também com espirros e febres meio-estranhas!

sábado, novembro 29, 2008

Parabéns à Tuna e a lembrança do meu avô!


Não há nada como um mundo de... emoções. Somos feitos de sentires, que ninguém negue isso, e é através da verbalização e do movimento corporal que nos despimos aos poucos, complicando ou descomplicando sinais que o outro atento tenta descodificar.
Hoje, por exemplo, veio a recordação das quantas vezes via o meu avô a tocar, em casa, na cozinha, na sala, no pátio, sentado num varal da carroça, até na casa da eira. Tinha sido músico, anos para trás. E hoje faz anos a Tuna de Óis. Dá-me vontade de chorar! Estou cheio de pieguice, mas o que é que querem!
Entro assim na segunda etapa, deste post, o do poistábem. O de deixar recados colados e setas nas veredas ao fim da tarde, quando a noite já me sobressalta, depois de um dia de frio para caraças! E o casaco mais grosso ficou no armário que está ao cimo das escadas, pendurada atrás da porta. Hojoe, viro-me para o sentimento, o que é que querem?!
Parabéns à Tuna!

sexta-feira, novembro 28, 2008

Os 111 anos da Tuna de Óis da Ribeira

A Tuna de Ois da Ribeira comemora o 111º. aniversário no próximo fim de semana. O programa envolve, na noite de sábado, dia 29 de Novembro, a realização do jantar de convívio, no restaurante Pôr-do-Sol e com participação de entidades locais e regionais, músicos, famílias e amigos.
Domingo, será tempo para a missa solene festiva (10 horas) e romagem aos cemitérios. A tarde, depois das 14,30 horas, será para a arruada de saudação à população.
Republicamos uma foto da Tuna, de 1931, provavelmente do dia 6 de Janeiro - há quase 78 anos. De pé, da esquerda para a direita: Óscar Matos (regente e filho de um dos fundadores, Jacinto de Matos), Serafim Reis, David Soares dos Santos, Manuel (Neca) Resende, Manuel Carvalho (Girão), Edmundo Reis (que foi regedor), Abílio Viegas e José Maria Framegas. Sentados, ao meio: Aires Carvalho, José Maria Costa, Virgilino Carvalho e Fernando Pires Soares. Sentados, no chão: José Maia, José Ferreira dos Reis (Zé da Luz/Olívia) e Alberto Almeida. O único músico vivo desta foto de há 77 anos é o violinista David Soares dos Santos - pai do actual presidente da direcção, Manuel Soares.
A tuna ribeirense é actualmente dirigida pelo músico e maestro Nuno Almeida.
Notícia e foto tiradas DAQUI, com a nossa vénia.

Assembleia geral da Arcor e sócio honorário


A assembleia geral da Arcor reúne-se hoje, para analisar e votar o plano de actividades e orçamento para 2009.
A Arcor é, como todos sabemos, a maior associação de Óis da Ribeira e por isso, mesmo que à distância, todos gostamos de a ver de vento em popa.
Notamos o facto de a ordem de trabalhos incluir uma proposta da direcção, no sentido de o ex-presidente da direcção, Celestino Viegas, ser distinguido como sócio honorário.
Ao que sabemos de muitos ribeirenses que ouvimos já por muitas vezes, uma distinção que virá meio tarde para o trabalho que fez, principalmente na construção do centro social e cívico.
A assembleia está marcada para as 20,30 horas, na sede.

quinta-feira, novembro 27, 2008

O tio David é músico e tem 98 anos...


Mail amigo deu-me nota de que encontrava aqui uma foto actualizada do sr. David Soares dos Santos, o mais idoso tuno vivo!!! O ti David!!! Contente da silva, logo fui buscá-la, para aqui a pôr em homenagem também ao quem suponho ser a pessoa mais velha de Óis!!!
Nem admira, como verão, pois ainda há dias foi às bodas de ouro do casamento da filha. Quem de ouro tem a filha casada, tem de ser de idade bem avançada!
98 anos!!!!, disseram-me que os vai fazer em Janeiro.
Ganda David!!!
Também naquele tempo em que era músico mais cuidavam da saúde que agora! E digam lá que ele não está aí com aspecto jovem, como quem está com forças, ainda, para ir apanhar um carro de mato!!!

14 kms.a trilhar «da pateira ao Águeda»

Andam por aí tantas hossanas ao tal percurso pedestre "da pateira ao Águeda» que sábado se abriu em Óis e Espinhel, que não sei se vou restistir à tentação de aproveitar o próximo fim de semana, que é mais comprido, para ir apanhar pó para o trilho.
Ando a preparar-me, já fui buscar as sapatilhas ao armário, mas desaconselharam-me: que posso apanhar bolhas nos pés. E mais não sei quê, nao sei quê!!!.
Então, fui ver melhor o que tinha lido sobre o passeio e reparei que são 14 kms! 14 kms?!!! Estas tipos são mas é doidos!!!
Já não sei se vou, ou se vou desistir!!!
Foto DAQUI, onde também há coisas para ler

quarta-feira, novembro 26, 2008

A Tuna vai fazer 111 anos e o ti David tem 90 e tal!


A Tuna de Óis vai fazer anos - diz que é uma espécie de 111!!... - e tem jantar comemorativo no dia 29 de Novembro, que é o próximo sábado.
Não é da minha nascença conhecer a Tuna, mas lembro-me bem de uma tarde de domingo (ou foi um sábado?) de há uns 15 anos (estou a fazer contas de cabeça...) quando houve um encontro de tunas em Óis, na pateira, e fomos a ver e eram só duas: a de Óis e a da Mourisca, sendo esta uma coisa muito pequerruxa". Com pouca gente!!! Nessa tarde, fomos os campeões!!!
Nesse dia, se querem saber, fiquei muito feliz!!! Óis era maior que outras coisas que connosco competiam, na música neste caso!
Hoje que chega aos 111 anos, interrogo-me sobre quantas noites mal dormidas terão passado todos os ribeirenses que se dedicaram à Tuna E lembro-me de que o Ti David, que agora tem 90 e tal anos, quase 100, e o mais antigo tuno vivo!!! Deveriam fazer-lhe uma homenagem todos os anos. Nele recordando todos os que fizeram a Tuna. Seria muito bonito, penso eu de que!!!

terça-feira, novembro 25, 2008

Olhem-me para esta de gostar de passar a ferro...


Vocês vão-se rir, mas a verdade é que eu gosto de passar a ferro. Ou melhor: eu prefiro passar a ferro a ter que limpar o pó ou aspirar ou lavar a casa-de-banho. Eu até prefiro passar a ferro a ter que tratar da papelada dos impostos ou ir às finanças ou à reunião de condomínio.
É isto. De todas as coisas chatas que há para ajudar a fazer em casa, passar a ferro é até das mais divertidas. Posso passar a ferro enquanto ouço música ou vejo televisão ou converso com alguém. Enquanto penso na vida. As mãos vão mecanicamente esticando e dobrando a roupa mas a cabeça não pára.
Tenho conversas imaginárias mas absolutamente decisivas com as mais variadas pessoas, faço o balanço da semana ou do ano, tenho ideias para os presentes de natal, tenho ideias para posts (como se vê) e até tenho ideias para o trabalho, faço planos, encontro soluções para alguns problemas, tomo decisões importantes.
No fim, fica tudo passadinho! E muido bem passadinho!